EXIBIÇÃO 21/03/2021 / 20horas / youtube.com/mocoletivo

Repertório N. 1 / Performance ao vivo.

A margem e a periferia entendidas não apenas como territórios geográficos, mas como fronteiras geopolíticas impostas pelas colonialidades. Corpos que reagem e perfuram essas fronteiras e redimensionam suas categorias. A performance como resposta política a essas condições. A coreografia como possibilidade de autodefesa. Se a violência não pode ser extinta, que seja, pelo menos, redistribuída.
Enquanto corpos dissidentes, Davi Pontes e Wallace Ferreira se utilizam da mimese e da repetição ritualizada de gestos na tentativa de arquivar ações para elaborar resistências, conjurar formas de permanecer no mundo e inventar o que há de sucedê-lo. Assim, em Repertório N. 1, apresenta-se uma desarticulação da construção moderna e ocidental do pensamento, uma proposta de temporalidade não linear, onde os elementos coabitam e se relacionam mesmo que a partir da imprevisibilidade de seus movimentos.

Texto da Curadora Carolina Rodrigues.


Audiodescrição do trabalho


Davi Pontes (Brasil, 1990) Vive e trabalha no Rio de Janeiro. É artista, pesquisador e coreógrafo. Graduou-se em Artes pela Universidade Federal Fluminense (UFF), e Mestrando no Programa de Pós Graduação em Artes (Estudos Contemporâneos das Artes) da mesma instituição. Estudou na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo ESMAE (Porto, Portugal), Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV, Rio de Janeiro), e no Pivô Pesquisa – Ciclo III / Beck’s 2020. Contemplado no Rumos Itaú Cultural 2019 – 2020. Entre seus trabalhos mais recentes, destacam-se a trilogia “Repertório” em parceria com o bailarino Wallace Ferreira.